quarta-feira, 27 de junho de 2012

Uma análise sobre entretenimento

Neste artigo quero discorrer sobre um assunto "delicado", entretenimento, a princípio devemos saber o que quer dizer entretenimento.


Em sentido de dicionário: subst m entretenimento divertimento, distração

Entretenimento é o conjunto de atividades que o ser humano pratica sem outra utilidade senão o prazer. É o desvio do espírito para coisas diferentes das que preocupam. Pode ser uma distração, um passatempo ou um esporte.

Dito isto, devemos analisar que efeito isso causa em nossa vida como cristão.
Deus nos criou para sermos felizes obedecendo e observando Seus estatutos, juízos(Ez. 36.27), precisamos ver até onde o entretenimento é saudável, e onde ele é danoso para nossa vida cristã.

Os jovens e o entretenimento
O entretenimento é mais abundante entre os jovens, pois estes querem descobrir novas aventuras, em sua maioria são tentados por filmes, jogos, vídeo-game, entre outros.Particularmente, acredito que o jovem cristão deve ter o anseio de conhecer a Bíblia e ao Deus da Bíblia e uma vida dedicada em oração para saber até onde ele deve ir, um moço, uma moça diferente dos irmãos mais velhos e experientes nem sempre sabe o que é danoso para sua vida espiritual, e não há nada melhor que uma vida dedicada em oração e estudo das Escrituras para Deus "desmitificar" e mostrar ao jovem o que é carnal e o que é espiritual.(Rm 8.1)

O entretenimento na nossa vida cotidiana
Cristão ou não, todos em algum momento sai para se distrair com os amigos, familiares, etc, um cristão não só pode como deve ter um momento para "esfriar a cabeça", o ser humano é limitado "chega uma hora que todos devem descansar da vida corrida", isto é, o entretenimento está presente na vida de um cristão, mesmo este sendo o mais devoto, um homem, uma mulher de Deus, pois isto faz parte do ser humano.

Quando o entretenimento é danoso
Brincar, jogar, ter um tempo livre para fazer algo divertido é sempre bom, mas o entretenimento é danoso quando este ocupa toda nossa mente.Certa vez, um pregador disse: Na maior parte do tempo o que ocupa sua mente?.
Quando a distração mundana ocupa a maior parte da mente do cristão tem algo errado, Paulo disse aos Colossenses: Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra(Cl.3.2).
A diversão é prejudicial quando só pensamos nela,vivemos para ela, vivemos dela, o cristão regenerado deve viver para Cristo(Gl.2.20).

Conclusão
Mediante tudo que falamos, concluímos que o entretenimento faz parte da vida do cristão, mas este deve se ocupar a maior parte do tempo com as coisas de cima, aliás um homem, uma mulher regenerada já não vive como o velho homem, mas como uma nova criatura que não tem prazer naquilo que não edifica(1 Co 10.23), pois antes tem seu prazer em meditar na lei de dia e de noite(Sl 1.3), o prazer do cristão primordialmente está em observar os mandamentos e a beleza do Cristo, sua formosura, sua bondade e misericórdia, o prazer para o cristão é saber que o Cordeiro Santo e Imaculado morreu e ressuscitou ao terceiro dia e não há filme, jogos, que podem substituir essa alegria.

2 comentários:

  1. Rapaz, o que u poeria dizer para complementar?
    NADA!
    Você foi curtoe grosso!
    Cada vez que meus olhs se fixam em um artigo assim, me deparo coma realidade, e me pergunto, qual o futuro de nossas igrejas?

    ResponderExcluir
  2. Eu acrescentaria o seguinte:

    O entretenimento é danoso quando o usamos como iscas para atrair principalmente jovens para a igreja, pois muitos acham que só por estarem atuando em teatro (e falo isso com propriedade pois trabalho com teatro), danças e 'baladas evangélicas', será o suficiente para que as pessoas se convertam. Muitos desses entretenimentos não anunciam de fato a Jesus!

    Não sou contra a tais coisas nas comunidades de fé, pelo contrário, acho muito bom, mas creio que as pessoas precisam vir até à Cristo para que sejam salvas e não meramente entretidas!

    Recentemente vi até striptease gospel! Estamos realmente vivendo o fim dos tempos!!!

    Parabéns pelo blog!

    Em Cristo,Debbi Cruz (debbicruz.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir