sábado, 3 de março de 2012

Quando o desespero bate a porta


Quando o desespero bate a porta é porque já passou da hora de nós nos humilharmos diante de Deus, é claro que não devemos nos humilhar a Deus somente nas dificuldades, mas também diante das conquistas e abundâncias.
Neste artigo tenho intuito de falar sobre o Orgulho do homem, e a humilhação a Deus.

Um grande exemplo de orgulho humano na Bíblia Sagrada é dos fariseus, eles eram chatos, religiosos, limpavam-se por fora, mas por dentro estava cheio de rapina, sujeira, eis aí uma lição para nós, o nosso coração deve está afastado de todo o pensamento maligno, pensamento mundano, pensamento soberbo...


Jesus os advertiu seriamente:
Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que devorais as casas das viúvas, sob pretexto de prolongadas orações; por isso sofrereis mais rigoroso juízo.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.
Ai de vós, condutores cegos! pois que dizeis: Qualquer que jurar pelo templo, isso nada é; mas o que jurar pelo ouro do templo, esse é devedor. 
(Mateus 23:13-16)

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.
Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade.
Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo. 
(Mateus 23:23-26)



É a coisa é séria!
O orgulho do homem é terrível, o deixa pensando que é melhor do que os outros, sendo o pior dos pecadores, Jesus veio para nos libertar, e Ele quer tirar todo o orgulho de nosso coração, não somos nada, apenas pó e cinza, veja o que Jó disse em sua aflição.
Então respondeu Jó ao SENHOR, dizendo:
Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.
Quem é este, que sem conhecimento encobre o conselho? Por isso relatei o que não entendia; coisas que para mim eram inescrutáveis, e que eu não entendia.
Escuta-me, pois, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me ensinarás.
Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos.
Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza. 
(Jó 42:1-6)



O ser humano é totalmente dependente de Deus para sua salvação, e não podemos fazer nada sem o auxílio do Rei dos Reis.


Veja o que o Apóstolo Paulo disse aos Filipenses:
Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu:
Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu;
Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível.
Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo.
E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, 
(Filipenses 3:4-8)



Ilustração:
Agora imagino um fariseu, recebendo aquela Palavra de Jesus Cristo, suas falas estão o atormentando, o que se lembra é Ai de vós! Ai de vós! escribas e FARISEUS, HIPÓCRITAS!, nesta hora o fariseu começa perceber seu miserável orgulho, cai ao chão de joelho e começa a chorar, e pedir perdão ao Senhor, e uma voz que diz ao seu coração. Perdoados são os teus pecados! VÁ E NÃO PEQUES MAIS!
Aquele homem agora Cristão, levanta-se e parece que um grande fardo saiu de suas costas, e diz: Louvado seja Deus o Criador do Céus e da Terra.


Não deixe o orgulho tomar conta do seu coração, se humilhe diante do Deus Todo-Poderoso, que Ele te aliviará!
Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. 
(Mateus 11:28)